Conheça a história do apito e suas curiosidades

O apito é um instrumento de sopro que tem várias utilidades. Ele está presente na música, na sinalização desportiva, no trânsito, serve como sinalização de emergência e ainda é utilizado como brincadeira de criança. Esse versátil acessório possui uma longa e curiosa jornada. Quer saber mais sobre a história do apito? Continue nesse texto!

A origem do apito divide opiniões. Mas acredita-se que eles surgiram em meados de 60.000 a.C, haja visto que nas artes rupestres já era possível identificar a presença do instrumento.

Há milhares de anos, quando acredita-se que o apito surgiu, muitos materiais davam origem ao objeto. Eles eram feitos de madeira, ossos de animais e, em alguns casos, ossos de humanos. Dá para acreditar?!

Para que serve o apito?

Por ter um volume sonoro, o apito é usado, principalmente, como forma de sinalização. Na época medieval, eles eram utilizados ​​por vigias para alertar a população sobre incêndios, ataques inimigos e outras emergências. Já no século XIX, os apitos foram adotados em navios como uma forma de comunicação segura entre a tripulação.

Atualmente ele segue sendo utilizado como forma de comunicação em ferrovias, navios e ambientes industriais onde há muito ruído, por exemplo, ele é usado como forma de sinalização de segurança a longa distância. Guardas de trânsito utilizam o apito para controlar o tráfego.

Além disso, os apitos também costumam ser usados em trilhas e acampamentos. É indicado que cada pessoa tenha um, a partir daí se a pessoa se ferir ou se perder, basta ela apitar para sinalizar o problema. O apito também tem serventia em jogos esportivos. Ele funciona para o juiz sinalizar que algo não está correto e é preciso pausar a partida.

Não podemos esquecer delas: as crianças. Na mão dos pequenos o apito vira um brinquedo de fazer variados sons. Elas se divertem, principalmente, com a musicalidade do objeto e suas inúmeras possibilidades de brincadeiras. Por isso, utilizam o apito no esconde-esconde, no pega-pega e muito mais.  

O apito também é utilizado em diferentes estilos musicais. Dentre os principais, é possível ouvir o som do objeto no jazz, bateria de escola de samba, música eletrônica e reggae. O objeto possui ainda uma importante função cultural, sendo utilizado por indígenas e tribais em cerimônias religiosas e rituais.

História do apito: saiba como ele funciona

O som do apito é chamado de silvo, contudo o uso dessa palavra é incomum. Para que o objeto produza esse barulho, é preciso contar com um design que permita que ele funcione. De um modo geral, eles possuem um tubo estreito, com um orifício na parte inferior para a saída do ar.

Quando sopramos o apito o ar é forçado através dele. Esse processo faz surgir uma ressonância que produz um som agudo. O volume e frequência do som vai depender de uma série de fatores. Dentre os principais estão o comprimento do diâmetro do tubo, a pressão do ar que passa pelo objeto, bem como a velocidade dele.

Conheça alguns tipos de apito

Por desempenhar diversas funções, o apito possui variados estilos e formatos. Cada um apresenta um som diferente e possui um design que permite o barulho adequado à sua função. Confira alguns tipos de apito:

Arbitragem: Esse apito é utilizado em esportes. Dentre os principais estão o futebol, basquete e vôlei. Quem utiliza o apito nesses casos é o árbitro/juiz do jogo. De um modo geral, quando voltado para esportes, o apito é feito de plástico e tem o formato que permite a emissão de um som estridente, pois é utilizado para indicar uma falta, pausar a partida ou mesmo encerrá-la.

Sobrevivência: O apito de sobrevivência possui um som de alta frequência. Por este motivo é feito de metal, pois é um material que permite um som mais alto e amplo. Ele é usado para chamar a atenção de socorristas em situações de emergência.

Para treinar cachorros: É utilizado no treinamento de cachorros. Ele possui um silvo de alta frequência, porém apenas os pets conseguem ouvi-lo. Esse formato de apito é utilizado em comandos específicos no treinamento e não machuca a audição deles.

Treinamento: Muito semelhante ao de arbitragem, o apito de treinamento é utilizado por treinadores no preparo de atletas de inúmeros esportes. O som desse objeto é mais prolongado e suave, o que permite que o treinador instrua seus alunos e atletas sem a necessidade de gastar a voz com gritos.

Bateria de Escola de Samba: O Apito do Mestre é o principal objeto de comunicação do grande mestre de bateria com seus diretores e ritmistas. Utiliza-se do sinal sonoro para reger o andamento das baterias e fazer as paradinhas. Além das baterias, muitos diretores utilizam para coordenar a harmonia e desfile dos componentes durante os treinamentos vivencias de equipe.

Apito Sharx 40

Tráfego: O apito de tráfego é utilizado por policiais e agentes de trânsito. Seu som é forte e estridente, pois precisa ser audível ao ar livre, no dia a dia. Ele é um acessório indispensável para a segurança das pessoas, bem como para manter a mobilidade urbana fluindo.

Como o apito é fabricado?

Hoje em dia o processo de fabricação dos apitos está muito mais fácil, principalmente pelo auxílio da tecnologia que avança a cada dia. Neste sentido, a produção do objeto é relativamente simples. De um modo geral, as principais matérias primas utilizadas são plástico, madeira e metal.

O apito de plástico costuma ser feito por meio de moldagem por injeção. Durante a fabricação, a matéria prima é aquecida e injetada em um molde. Quando o plástico esfria, endurece. Depois basta retirá-lo do molde e pronto para ser utilizado.

A fabricação do apito de madeira é feita a partir de um bloco. Esse processo é bastante artesanal, uma vez que o material é esculpido para criar o formato do apito e em seguida perfurado para a criação do canal de ar, necessário para que o objeto emita barulho. Depois é preciso lixar e polir o material e pronto.

Para criar o apito de metal, é preciso derreter a matéria-prima. Feito isso ela será moldada em um molde que determina o formato do objeto. Depois de encaixado nesse molde o metal é resfriado e removido do molde. É necessário dar um acabamento, para isso ele recebe um polimento.

Seja feito de metal, plástico ou madeira, todo apito precisa de um canal de ar e uma abertura superior para que o ar saia em formato de som. Alguns modelos de apito possuem uma esfera, ou seja, uma bolinha dentro que ajuda a produzir um som alto e claro.

Conta pra gente nos comentários. Você conhecia a história do apito?!

História do tambor: você sabe como surgiu esse instrumento?

Conheça a história do chapéu, acessório que atravessa gerações

Conheça a história do apito e suas curiosidades

Mentoria com empresário do Samba Anselmo Xavier

plugins premium WordPress